• 1o. Encontro Advo cão & Cia
  • Outubro Rosa

A intolerância não combina com o Estado Democrático de Direito

A intolerância não combina com o Estado Democrático de DireitoA intolerância não combina com o Estado Democrático de Direito - Artigo de autoria do Dr. Davanzo, publicado nesta quinta-feira (13/09/18) pelo JORNAL ABC REPÓRTER.

 

A intolerância não combina com o Estado Democrático de Direito

 

As redes sociais, aparentemente, facilitaram a expressão de pensamentos e sentimentos, ao abrir a página do facebook nos deparamos com “como você está se sentindo hoje?” ou “no que você está pensando?”. Esta liberdade nos dá a sensação de que precisamos comentar e reagir sobre tudo. Precisamos nos expor. Vivemos em dias que o lema é, se penso, logo posto.

O grande problema que tem reinado neste cenário é a intolerância e o ódio pela opinião contrária, principalmente quando o assunto é política. Isto resume-se na incapacidade de gerar argumentos para defender o próprio ponto de vista e de aceitar a visão de mundo dos outros. Há inúmeros casos de pessoas que foram agredidas verbalmente pela cor da roupa, e até mesmo fisicamente por manifestar ideias. O radicalismo tem sido a mola propulsora de inúmeros conflitos de proporções e consequências incalculáveis, praticamente em todos os segmentos da vida em sociedade: do religioso ao político.

A intolerância política tem afetado o Estado Democrático de Direito Brasileiro. É correto defender um posicionamento político, faz parte da Democracia, mas o respeito às opiniões deve prevalecer.

É necessário opinar de forma racional, com prudência e responsabilidade, pois quando buscamos expressar ideias baseadas em sentimentos, nos deparamos com o ódio e a irracionalidade, dificultando qualquer diálogo saudável entre as partes. Uma sociedade intolerante não consegue ser democrática, porque vê na força a solução para os conflitos. Portanto, não há Estado de Direito se houver intolerância.

O futuro da Advocacia: rir ou chorar? - Artigo do Dr. Davanzo no Jornal Atuação

O futuro da Advocacia: rir ou chorar? - Artigo de autoria do Dr. Davanzo, publicado pelo JORNAL ATUAÇÃO, na edição especial em homenagem ao 11 de Agosto - Dia do Advogado.

O futuro da Advocacia: rir ou chorar? - Artigo do Dr. Davanzo no Jornal Atuação“... o FUTURO é uma astronave que tentamos pilotar, não tem tempo, nem piedade, nem tem hora de chegar, sem pedir licença, muda a nossa vida e depois convida rir ou chorar...”, no início dos anos 80 a música AQUARELA, composta por Toquinho fazia sucesso nas rádios do Brasil e do mundo.

Leia mais...

Apoio Institucional

  • Voxlex
  • Fit by Dancing
  • Academia João Caitano
  • Escola Integração
  • Interacta Seguros
  • Dra. Lisete de Albuquerque Pera
  • Cartório Postal
  • Aramis Menswear
  • FastScan
  • ONG Tia Sú
  • Transinovar
  • La Ville Haute Coiffeur

CONTATO | ATENDIMENTO